top of page
  • Foto do escritorRedação Opte

5 dicas para turbinar as redes sociais da sua empresa

Ter um perfil nas redes sociais é essencial para as empresas, pois a utilização desses meios oferece uma série de vantagens, como a divulgação de um produto ou serviço, além de ajudar a identificar o perfil do público-alvo.


Contudo, contentar-se apenas em estabelecer a presença, e não aproveitar realmente esses canais com publicações e anúncios, ou mesmo sem explorar as novidades e ferramentas – a maioria gratuitas – para divulgar sua marca e alcançar potenciais clientes, todo o potencial das redes pode ser reduzido ou perdido.


Em suma, não basta estar nas redes sociais, é preciso saber usá-las. E é por isso que preparamos o texto a seguir.


Entenda de uma vez por todas a importância das redes sociais para a atuação profissional e veja dicas para estabelecer uma estratégia eficiente nesses canais, se saindo bem nas redes.


Benefícios das redes sociais para empresas


Mostrar às pessoas sua personalidade e no que você acredita é uma das melhores maneiras de se conectar com seu público-alvo.


As redes sociais fornecem a plataforma perfeita para fazer isso. Aqui estão alguns dos maiores benefícios das mídias sociais para as marcas:


1. Aumenta o reconhecimento da marca


Um dos benefícios mais evidentes das mídias sociais é, também, aumentar o reconhecimento de empresas de mini robôs.


Com milhões de usuários no Facebook, Twitter, Instagram e outras redes, há muitas maneiras de alcançar as pessoas.


Inclusive, o que é bastante interessante, muitos desses usuários podem nunca ter ouvido falar da sua marca.


Desse modo, é possível usar as mídias sociais como forma de preencher lacunas e se expor a novos públicos.


2. Humaniza a marca


Os consumidores de hoje se preocupam tanto com quem compram quanto com o que compram.


Por isso, use as redes sociais como forma de humanizar sua marca. Por exemplo, se você tem uma empresa de galpões de lona, tente expressar a personalidade do negócio.


Comece desenvolvendo uma voz para sua marca. Ela deve ser consistente em todos os seus perfis e corresponder à percepção que você deseja transmitir, considerando a personalidade que deve passar e que os usuários gostarão de se relacionar.


3. Apresenta anúncios segmentados


Como você pode imaginar, redes como Facebook, Twitter e outras possuem muitas informações de usuários.


Como resultado, as plataformas de publicidade permitem segmentação e seleção do público em profundidade, avaliando aqueles que melhor se adequam a sua proposta de negócio.


Por exemplo, o Facebook permite que você selecione seus usuários-alvo com base em seus interesses, empregos, dispositivo usado, curtidas, entre outros fatores.


Com essas informações, o fabricante de brindes personalizados pode segmentar exatamente o tipo de cliente para quem deseja vender e adaptar sua mensagem às necessidades deles, por exemplo.


4. Uma maneira fácil de distribuir conteúdo


Criar conteúdo e deixá-lo parado, sem repercutir, não é uma boa estratégia. É aqui que as mídias sociais podem ser muito benéficas.


Twitter, Facebook, LinkedIn e outros são ótimos canais para disponibilizar seu conteúdo online e compartilhá-lo de forma mais efetiva.


Aposte na variedade de formatos. Os usuários da web gostam de ser surpreendidos com conteúdos interativos, como:

  • Vídeos;

  • Webinars;

  • Entrevistas;

  • Tutoriais.

No entanto, usar as mídias sociais simplesmente como forma de distribuir seus artigos mais recentes pode ser considerado spam, ou mesmo desinteressar os usuários. Por isso é importante contextualizar o material e adotar uma estratégia clara para esse processo.


Certifique-se de adequar sua mensagem à rede social utilizada. Além disso, você precisa interagir com seu público regularmente para ver resultados positivos.


5. Permite avaliar o sentimento do cliente


Quer saber o que as pessoas pensam sobre o seu negócio? Se deseja descobrir, pesquise sobre o segmento do seu negócio, como “móveis planejados alto padrão” nas redes como Twitter, ou mesmo digite o nome do seu empreendimento.


Com isso, será possível avaliar o sentimento e as experiências dos clientes a partir de feedbacks e postagens que fizerem.


Contudo, é importante adotar essa ação de forma estratégica, para aplicar melhorias ao negócio. Assim, é importante ser grato por elogios e aprender com o feedback negativo.


Isso significa que a mídia social também é uma ótima maneira de avaliar impressões sobre lançamentos de novos produtos ou táticas de marketing fora da rede.


6. Promove o valor da marca


Transformar leads em clientes reais nem sempre é tão simples e direto quanto apresentá-los à sua marca e depois fazer uma compra.


Em vez disso, você precisa ganhar a confiança deles oferecendo valor a sua marca, inclusive com materiais distribuídos gratuitamente.


Seja por meio de blogs, tutoriais gratuitos ou outros recursos educacionais ou de entretenimento para os consumidores, é essencial construir relacionamento com clientes em potencial.


A mídia social facilita esse processo porque você pode compartilhar conteúdo gratuito e valioso de forma consistente em todos os seus perfis e ganhar confiança ao longo do tempo.


7. Possibilita um melhor gerenciamento de crise


Problemas de relações públicas podem surgir a qualquer momento.

Seja um CEO de uma empresa twittando algo inapropriado, um anúncio de TV controverso ou um atendimento ao cliente descontinuado, você precisa ter um plano de crise em vigor.


A mídia social é o primeiro lugar onde as pessoas procuram informações quando sua empresa comete um grande erro.


Deste modo, você pode usar o Facebook ou o Twitter para postar uma declaração pública ou responder a perguntas e preocupações relacionadas à reformas comerciais, por exemplo.


Afinal, o benefício da rede é exatamente essa proximidade com os usuários e a possibilidade de se posicionar mais rapidamente.


No entanto, sem um plano de ação já estabelecido, situações de risco também podem se propagar rapidamente.


5 dicas para posicionar a empresa nas redes sociais


Diante de tantos pontos positivos, fica fácil entender porque as redes sociais são ferramentas tão exploradas pelas mais variadas marcas e profissionais.


Resta entender de que forma fazer isso, quais estratégias fazem mais sentido e as metodologias de sucesso para aplicar ao seu negócio e se posicionar nesse ambiente.


Acompanhe os tópicos abaixo e tenha acesso a 5 dicas para se destacar no Twitter, Instagram, Facebook e em diversas outras redes.


1. Foque nos influenciadores


Construir audiência em um ambiente digital é um trabalho árduo e pode levar muito tempo.


Por se tratar de um ambiente de disputa de informações, uma opção que pode ajudar a aumentar a visibilidade, as vendas e a reputação nas redes sociais é a parceria com influenciadores.


Essas personalidades influenciam muitas pessoas, mesmo em mercados segmentados. São pessoas que se tornam famosas nas mídias sociais, criam conteúdo para seu público seguir e, eventualmente, compartilham postagens e seu cotidiano.


Com isso, as pessoas passam a confiar nessas personalidades e a reproduzir o que dizem e desejar o que usam.


Ao adotar a estratégia, é importante entender que um influenciador será uma extensão online do seu serviço. Se você é proprietário de uma empresa de revestimento acústico para teto, contrate um influenciador que goste de música, use um estúdio, que converse com sua marca.


A imagem que ele transmitirá da marca será equivalente ao conceito e ao que ele representa. Portanto, é essencial que ambos tenham uma boa compreensão do outro e que o público e causas sejam semelhantes.


2. Informe-se sobre os canais de venda


Não é necessário ter e-commerce para ter uma forte presença nas redes sociais.

No entanto, cabe ao gestor avaliar a real necessidade e viabilidade de desenvolver esse canal de vendas, principalmente considerando que esse é um canal que funciona continuamente e em um domínio próprio.


Tenha em mente que existem regras que você precisa conhecer para regular o seu negócio. Portanto, analise o que é mais interessante para o escritório contábil são paulo com base nas regras do site.


Também é possível comercializar produtos por meio das redes sociais.

Como destacamos anteriormente, você pode anunciar pelo Instagram, transmitir pelo WhatsApp e fechar o negócio usando a forma de pagamento online, mas isso demandará atenção.


Assim, planeje com antecedência e organize-se para não prejudicar seus clientes ou seu negócio.


3. Invista em boas fotos e vídeos


Lembre-se: hoje em dia as pessoas estão procurando o que é real. Ou seja, eles procuram por algo que os atraia e que realmente consigam visualizar em seu cotidiano. Além disso, essas plataformas tendem a ser mais visuais.


Considerando isso, imagens prontas para uso nem sempre são uma boa ideia, mas se você precisar usar imagens na internet, encontre um banco de imagens gratuito (livre de royalties) ou um banco de imagens.


Mas, de um modo geral, procure criar suas próprias fotos. Isso porque, quando você faz suas próprias imagens é possível evidenciar mais facilmente a identidade do negócio, explorar a criatividade e otimizar a viabilidade financeira da empresa.


Há pessoas que tiram boas fotos com seus próprios aparelhos ou usam celulares com câmeras de boa qualidade. Preste atenção ao uso de luz, preferencialmente luz natural, e ao enquadramento para ter um melhor aproveitamento e destaque dos itens fotografados.


4. Analise e compare seus resultados


Ao trabalhar com redes, use os relatórios que eles fornecem sobre sua empresa e suas postagens.


Tanto o Facebook quanto o Instagram oferecem uma variedade de gráficos de desempenho de postagem, como alcance, reações, cliques ou outros dados, dependendo das metas de sua campanha.


Compará-los serve para ver qual funciona melhor e qual atinge mais pessoas. Se possível, pergunte aos clientes como eles conheceram sobre sua empresa ou produto.


Essa também é uma forma de se conscientizar sobre o alcance das mídias sociais. Somente analisando dados e resultados de negócios você pode melhorar e aprimorar suas campanhas.


5. Impulsione interação


Os clientes não querem ser apenas mais um público, eles querem se identificar e, muitas vezes, interagir e se sentir valorizados. Ou seja, o público busca cada vez mais interação com as marcas que consome!


Por isso, mostre aos seus clientes o que eles querem ver, gerando conversas. Deixe os canais abertos para os clientes perguntarem, comentarem e marcarem os amigos.


Não adianta usar as redes sociais e demorar dois dias para responder aos clientes. Entenda que eles querem agilidade.


Você não precisa estar online 24 horas por dia, mas é importante estar presente em alguns momentos para se relacionar adequadamente com o público.


Para auxiliar nos momentos de ausência, as redes fornecem mensagens automatizadas que podem ser configuradas para notificar os clientes que entrarem em contato com você sobre o horário comercial da empresa.


No entanto, tenha em mente que alguém deve estar sempre disponível para responder a um cliente sobre projeto de arquitetura de interiores ou qualquer outro assunto sobre sua empresa, o mais rápido possível, de forma clara e gentil.


Está pronto para se dedicar às redes sociais como ferramentas de trabalho? As dicas e informações que disponibilizamos aqui vão fazer toda a diferença nesse processo!


Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



bottom of page